En case study - standfirst

Pesca da lagosta no Golfo do Maine

No Golfo do Maine, a lagosta representa mais de 80 % do valor total dos recursos marinhos, mas este sucesso económico esconde um aspeto negativo em termos ecológicos.

R. Kleine/Flickr

R. Kleine/Flickr

Este caso ilustra a incapacidade de ver as interligações entre sistemas socioeconómicos e ecológicos. No Golfo do Maine, a lagosta representa mais de 80 % do valor total dos recursos marinhos, mas este sucesso económico esconde um aspeto negativo em termos ecológicos. O esgotamento sucessivo das unidades populacionais de bacalhau, pescada, arinca, alabote e ouriços do mar resultou praticamente numa monocultura de lagostas vulnerável. Noutros sítios, uma densidade tão elevada de lagostas precedeu o surto de uma doença parasitária na carapaça das lagostas. Um colapso idêntico no Maine teria efeitos devastadores para os mais de 7000 pescadores de lagosta e as indústrias associadas.